APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Cemig desenvolve software de priorização de investimentos

.Metodologia é inédita e promete melhorias nos indicadores de qualidade da companhia

A priorização de investimentos em bens de capital (Capex) e gestão de ativos adequada desempenham um papel significativo na melhoria da qualidade e confiabilidade da rede da Cemig e na redução de despesas operacionais (Opex) da companhia. As distribuidoras enfrentam pressão do regulador por maior eficiência operacional e também pressão financeira sobre o caixa da empresa, que fica comprometido ao financiar novos investimentos. Nesse contexto, foi desenvolvido o projeto de pesquisa e desenvolvimento (P&D) Método de Ranqueamento de Investimento, dentro do programa de P&D regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). A metodologia utilizada é inédita: nunca foi aplicada no setor elétrico no Brasil e não existem empresas utilizando tecnologia similar.

O projeto – uma parceria entre Cemig D e a A.T. Kearney Consultoria de Gestão Empresarial – se destaca pelo potencial de agregação de valor para a Cemig e é baseado na utilização de modelos de big data e advanced analytics. O resultado foi o desenvolvimento de um software de priorização de investimentos que permite tomar decisões robustas, fundamentadas com base em tecnologia de machine learning de última geração e com mínima influência de senso comum na alocação de investimentos massivos na rede. “O software configura planos de investimento de expansão e manutenção na rede com visão de longo prazo com redução de Opex, para diferentes cenários, ajustando-se assim à capacidade financeira e exigências regulatórias e técnicas”, explica Thais Fontes Santos, analista econômico financeira da Cemig e gerente do projeto.

Priorização de investimentos

O P&D foi realizado entre os anos de 2018 e 2019, com investimento de R$3,8 mi. O software desenvolvido no projeto já está sendo utilizado na execução de 2020 e planejamento do portfólio de investimentos de 2021. “O grau de risco em uma priorização de investimentos é significativo na ausência de uma metodologia imparcial e efetiva no suporte à tomada de decisão. O projeto realiza a priorização de investimentos, reduzindo o grau de subjetividade do processo com planos de manutenção, que podem levar a ganhos de 20% de Opex e melhoria de 15% a 20% nos indicadores de qualidade. A execução do projeto de P&D permite à empresa iniciar uma nova era na gestão de ativos da distribuidora”, destaca a gerente do projeto. ​