APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Cemig investe R$ 50 milhões em reforma do Parque Eólico Volta do Rio, no Ceará

.Com iniciativa, energia gerada no local já compreende 70 % da capacidade total do Parque

A Cemig está avançando na diversificação de sua matriz energética, que atualmente já conta com recursos 100 % renováveis para a geração de energia. Desde o final de 2018, a companhia recebeu o Parque Eólico Volta do Rio, localizado em Acaraú, no Ceará, para realizar sua gestão integral como subsidiária.

Segundo o gerente executivo de empreendimento em operação da Cemig e diretor da Central Eólica de Volta do Rio, Alexandre Vidigal, o ativo faz parte da companhia desde 2009, quando executou um plano de investimentos e detinha 49 % do controle do Parque.

“Em 2017, a empresa passava por problemas operacionais e foi nesse período que a Cemig Geração e Transmissão optou por descruzar ativos, assumindo, no final de 2018, 100 % da gestão de Volta do Rio e de Parajuru, também no Ceará”, conta Vidigal.

Desde 2019, e até o presente momento, a Central Eólica concentrou seus esforços na transição da empresa privada para pública e na reforma de 22 dos 28 aerogeradores que apresentavam problemas para a operação. Hoje já foram reformados 17 aerogeradores, sendo que os 11 restantes entrarão em operação até o primeiro semestre de 2021.

A energia gerada no Parque, que tem capacidade de geração de 42 MW, é vendida à Eletrobrás, por meio de um contrato existente entre a empresa e o Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (Proinfa). Para o próximo ano, a estimativa é que o Parque Eólico Volta do Rio tenha R$ 75 milhões de receita operacional bruta.

“Esse é um projeto muito importante, porque garante o nosso compromisso com a venda de energia e a sustentabilidade da empresa. Além disso, contribuímos com a economia local do município, principalmente quando consideramos o recolhimento de impostos e geração de 34 postos de trabalho em Acaraú”, afirma Alexandre Vidigal.

Confira agora como foi o trabalho realizado pela equipe da Cemig: