APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Soluções tecnológicas para que não falte energia e segurança

.Investimentos em religadores e manutenções constantes na rede já mostram resultado para nossos clientes

Com o objetivo de promover melhorias para atender aos clientes de forma cada vez mais satisfatória, estamos realizando uma série de investimentos em nossas redes. Neste ano, temos como destaque o investimento de mais de R$ 100 milhões na instalação de equipamentos capazes de religar automaticamente a energia em casos de interrupções.

Para nossos clientes, essas funcionalidades contribuem diretamente para a redução do número de interrupções ao longo do ano e do tempo de desligamento. Os religadores também contribuem durante o período chuvoso, quando galhos de árvores tocam na rede e causam curtos-circuitos com mais frequência. A capacidade do religador de se rearmar sozinho diminui as interrupções sustentadas de energia aos clientes.

Em casos mais severos, em que temporais derrubam árvores ou lançam objetos na rede, como telhas metálicas e outdoors, isso pode levar ao rompimento de fios de energia ou até mesmo à queda dos postes. Nesses casos, o religador faz a proteção contra acidentes, cortando a energia o mais rápido possível, até que uma equipe reconstrua a rede danificada.

Mais energia em 2020

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) exige que as concessionárias cumpram um padrão de qualidade e, para isso, estabelece alguns indicadores para mensurar esse desempenho. Os indicadores são apurados pelas distribuidoras e enviados periodicamente para a Aneel, o que permite que a agência avalie a continuidade do fornecimento de energia à população.

Um dos indicadores coletivos de continuidade é o DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora). Ele mostra o tempo médio, em horas, em que cada consumidor ficou sem energia elétrica, considerando interrupções iguais ou superiores a três minutos em toda a área de concessão. O resultado previsto para o DEC da nossa companhia, neste ano, é de 9,48 horas, para um limite regulatório de 10,44 horas. Isso quer dizer que, considerando as 8.760 horas do ano, nós prestaremos um serviço com 99,89% de disponibilidade aos nossos clientes em 2020, melhor que o mínimo exigido pela regulação, contribuindo inclusive para melhorar a colocação da empresa no ranking de desempenho da Aneel.

Tecnologia, equipes preparadas e manutenções constantes

Além da instalação de religadores, destacamos a implantação de um sistema de rádio digital em toda a Região Metropolitana de Belo Horizonte, que permite uma comunicação entre os equipamentos da rede, demais sistemas e sala de controle com praticamente 100% de disponibilidade. Nas áreas remotas do estado, onde não há cobertura de celular, nós implantamos comunicação via satélite.

A execução de obras estruturantes do sistema elétrico – como construção de novas subestações e linhas de distribuição e obras de dupla alimentação e reforço – também é um dos pilares para a melhoria do desempenho, pois são fundamentais para a mudança do patamar tecnológico da nossa companhia, melhorando todos os aspectos de qualidade.

Outra questão fundamental foi a execução de um robusto plano de manutenção nos últimos três anos, com a realização de podas de árvores, limpeza de faixa de servidão, substituição de cruzetas e manutenção de estruturas, além da contratação de equipes de Linha Viva, capazes de realizar esses trabalhos sem desligar a rede, mantendo o ativo em plenas condições de funcionamento.

Por fim, nós também realizamos um estudo buscando um reposicionamento de bases e equipes para atendimento do plantão de emergências, aumentando a capilaridade em todo o estado e reduzindo o tempo de atuação em caso de falhas. “Essas melhorias proporcionam benefícios como a redução do número de interrupções por cliente e do tempo de duração das interrupções, garantindo melhor qualidade do fornecimento de energia elétrica aos nossos clientes”, destaca nosso engenheiro de planejamento de ativos em operação da distribuição, Henrique Eduardo Pinto Diniz.

Sala de Guerra

Para monitorar a execução de todas as ações de melhoria, nós criamos um comitê multidisciplinar denominado “Sala de Guerra do DEC”, cuja finalidade é garantir o cumprimento do limite de DEC regulatório em 2020 por meio de ferramentas de business intelligence, de análise de riscos e previsão de resultados, mas, principalmente, de interações e alinhamento com as áreas envolvidas no processo, de maneira ágil e objetiva, promovendo o engajamento total das equipes.

“São realizadas, diariamente, reuniões rápidas para monitorar, deliberar e implantar, quando necessário, ajustes de rota na execução dos planos, integrando as áreas e alinhando os esforços nos alvos que trarão um melhor resultado”, comenta Henrique.